CLA realizou a Operação AGUIA I

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) realizou no período de 20 à 24 de maio a Operação ÁGUIA I/2019, na qual foi lançado dois Foguetes de Treinamento Intermediário (FTI).

Os lançamentos ocorreram nesta quinta (23) e sexta-feira (24) em Alcântara. O último ocorreu às 13h45min pelo horário de Brasília, atingindo seu apogeu em 1min44seg. A Operação ÁGUIA I teve por objetivo proporcionar treinamento operacional das equipes do CLA de forma isolada.

Nesta operação, os lançamentos foram realizados sem carga útil científica para realizar os testes de aceitação do novo sistema de terminação de voo, na qual o foguete foi acionado aos 2min12seg após seu lançamento, e também para a obtenção de dados para a análise de voo balístico.

A Operação Águia I/2019 é realizada integralmente pelo CLA, organização militar da Força Aérea Brasileira (FAB) subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), e conta com o apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB), da Marinha do Brasil (MB), do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e do Esquadrões Falcão (1°/8° GAv) e Netuno (3°/7° GAv). Os quatro últimos atuam respectivamente na interdição marítima e interdição aérea da região, em eventual necessidade de evacuação aeromédica, e no patrulhamento marítimo por meio do voo de esclarecimento realizado momentos antes do lançamento.

Além de todos os procedimentos de segurança realizados, foram emitidos esclarecimentos à associação dos pescadores de Alcântara e às agrovilas ao entorno do CLA, para que a comunidade envolvida estivesse ciente das atividades operacionais do Centro.

“O lançamento com sucesso e em dias seguidos dos dois FTI comprova a eficiência de toda equipe do CLA e dos esquadrões aéreos envolvidos e de todos nossos meios de solo, especialmente do novo sistema de terminação de voo, testado pela primeira vez nessa operação. Estamos cada dia mais dando um passo firme para elevar o Centro a um outro patamar, compatível com as expectativas da população brasileira”, concluiu o Diretor do CLA, Coronel Aviador Marco Antônio Carnevale Coelho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*